ct_eleicao15112015b
ELEIÇÃO DO CONSELHO TUTELAR da Cidade de São Paulo.
Dia 15 de novembro – das 8h as 17h.

Serão eleitos 260 conselheiros para 52 conselhos tutelares.
Cada eleitor vota em até 5 candidatos de um mesmo conselho.
Votam os maiores de 16 anos com título de eleitor e documento com foto.

Consulte os locais de votação aqui: http://www.conselheirotutelar.wordpress.com

Postos de Votação no Jabaquara:

Nome do Colégio Eleitoral – TRE  Nome do Ponto de Votação – Escolha CT’s 2015
EE Professor João Maria Pires de Aguiar EMEF Ana Maria Alves Benetti, Profa
EE Professora Laís Amaral Vicente EMEF Ana Maria Alves Benetti, Profa
Emef Professora Ana Maria Alves Benetti EMEF Ana Maria Alves Benetti, Profa
CEI Helena Iracy Junqueira EMEF Armando Arruda Pereira
EE Salvador Moya EMEF Armando Arruda Pereira
Emef Engenheiro Armando de Arruda Pereira EMEF Armando Arruda Pereira
EMEI Casimiro de Abreu EMEF Armando Arruda Pereira
EE Doutor Angelo Mendes de Almeida EMEF Ary Parreiras, Alm.
EE Prof. Dandolo Frediani EMEF Ary Parreiras, Alm.
Emef Almirante Ary Parreiras EMEF Ary Parreiras, Alm.
Nova Escola EMEF Ary Parreiras, Alm.
Cetec Centro de Ensino de Tecnologia e Comunicação EMEF Cacilda Becker
Colégio Montessori Santa Terezinha EMEF Cacilda Becker
Emef Cacilda Becker EMEF Cacilda Becker
EMEI Dona Leonor Mendes de Barros EMEF Cacilda Becker
EE Professor Arthur Wolff Netto CEU EMEF Caminho do Mar
EE Professora Edméa Attab CEU EMEF Caminho do Mar
EE Professora Maria Augusta de Moraes Neves CEU EMEF Caminho do Mar
Emef C.E.U. Caminho do Mar CEU EMEF Caminho do Mar
EE Doutor Carlos Augusto de Freitas Villalva Júnior EMEI Lourdes Heredia Mello, Profa.
EMEI Professora Lourdes Heredia Mello EMEI Lourdes Heredia Mello, Profa.
CEI Domingos Rufino de Souza (Vila Mira) EMEI Machado de Assis
EE João Amos Comenius EMEI Machado de Assis
EE Professor Reducino de Oliveira Lara EMEI Machado de Assis
Emei. Machado de Assis EMEI Machado de Assis
CEI Ver. Raul Tabajara Vidigal Leitão EMEF Marina Vieira de Carvalho Mesquita
EE Dona Pérola Byington EMEF Marina Vieira de Carvalho Mesquita
EE Professor Pedro Calil Padis EMEF Marina Vieira de Carvalho Mesquita
EE Professora Heloísa Carneiro EMEF Marina Vieira de Carvalho Mesquita
Emef Marina Vieira de Carvalho Mesquita EMEF Marina Vieira de Carvalho Mesquita
EE Coronel Domingos Quirino Ferreira EMEF Nelson Pimentel Queiroz, Prof.
EE Deputado Nelson Fernandes EMEF Nelson Pimentel Queiroz, Prof.
EE Professor Miguel Roque EMEF Nelson Pimentel Queiroz, Prof.
Emef Professor Nelson Pimentel Queiroz EMEF Nelson Pimentel Queiroz, Prof.
EMEI Laudo Ferreira de Camargo EMEF Nelson Pimentel Queiroz, Prof.
EMEI Neusa Maria Rossi EMEF Nelson Pimentel Queiroz, Prof.
Senac Jabaquara EMEF Nelson Pimentel Queiroz, Prof.

Divulgação:  www.conselheirotutelar.wordpress.com

Vejam a lista de Candidatos dos outros Conselhos Tutelares:

continua…

Divulgação:  www.conselheirotutelar.wordpress.com

 

curso_lider181014

CURSO DE FORMAÇÃO DE LIDERANÇAS – FORMAÇÃO DE CONSELHEIROS TUTELARES.
Dia 18/10/2014 – das 10h às 13h – Sede do CONSABESP.ORG – Rua Japurá 190.
50 Vagas – Inscrições gratuitas – prioridade para indicações de SABs (Sociedades Amigos de Bairros).

Debate Conselho Tutelar e a Escola Pública.
A atuação dos conselheiros tutelares na garantia dos direitos dos alunos nas escolas públicas.

Entrega de Certificado de Reconhecimento para as Lideranças Comunitárias que atuam na Defesa da Criança e da Educação Pública. Todos receberão certificados de participação.

Nova data: 28 de maio, das 14h às 17h.

Local: Câmara Municipal de São Paulo (Viaduto Jacareí nº 100)
Organizadores:
– Fórum Municipal de Educação da Cidade de São Paulo
Internet – http://fmesp.wordpress.com/
– Fórum da Pessoa com Deficiência da Lapa e Pirituba

– Movimento Comunidade de Olho na Escola Pública
Internet – http://movimentocoep.ning.com/

Informações com Ana Maria (cel.: 8879-2903) ou Mauro (cel.: 7332-8153)

Apoio institucional: Programa TribunaDaCidade.ning.com (tel.: 2771-8959)

Debate Conselho Tutelar e a Escola Pública.
A atuação dos conselheiros tutelares na garantia dos direitos dos alunos nas escolas públicas.

Entrega de Certificado de Reconhecimento para as Lideranças Comunitárias que atuam na Defesa da Criança e da Educação Pública. Todos receberão certificados de participação.

Nova data: 28 de maio, das 14h às 17h.

Dia: 14 de maio, das 14h às 17h.
Local: Câmara Municipal de São Paulo (Viaduto Jacareí nº 100)
Organizadores:
– Fórum Municipal de Educação da Cidade de São Paulo
Internet – http://fmesp.wordpress.com/
– Fórum da Pessoa com Deficiência da Lapa e Pirituba

– Movimento Comunidade de Olho na Escola Pública
Internet – http://movimentocoep.ning.com/

Informações com Ana Maria (cel.: 8879-2903) ou Mauro (cel.: 7332-8153)

Apoio institucional: Programa TribunaDaCidade.ning.com (tel.: 2771-8959)

Ao invés de publicar o Edital para a Eleição dos 37 Conselhos Tutelares da Cidade de São Paulo, os membros do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) estão mais preocupados em mudar a lei e fazer uma ilegal eleição por “chapas partidárias” e também obrigar a prefeitura a contratar caras consultorias para organizar “provas eliminatórias” para os candidatos, provas estas que não têm respaldo na legislação municipal. Isto pode ser visto na reunião do CMDCA em 28/01/2011.

viaGolpe Branco para prorrogar o mandato nos conselhos tutelares de S. Paulo-SP..

CONSABESP – Conselho Coordenador das Associações Amigos de Bairros, Vilas e Cidades de SP

O “Debate Conselho Tutelar e o seu Processo Eleitoral de S. Paulo” será realizado no dia 26 de fevereiro (sábado), das 14h às 17h, na Câmara Municipal de São Paulo (Viaduto Anchieta nº 100). Os debatedores: José Roberto Alves da Silva (ex-conselheiro tutelar e autor do Manual Prático Orientação para Conselheiro tutelar), Anderson Cruz (Instituto de Educação São Paulo e membro do Rotary Moóca), e Ana Maria Pereira dos Santos (Coordenadora do Fórum Municipal de Educação da Cidade de São Paulo).

O “Debate Conselho Tutelar” é aberto a todos os interessados, os quais poderão formular perguntas e esclarecer dúvidas. Será dada prioridade ás pessoas que se inscreverem previamente no site do Conabesp.ning.com . Estuda-se a possibilidade de transmitir o evento “online”.

Haverá entrega de certificados aos participantes.]

http://consabesp.ning.com/

viaDebate Conselho Tutelar e o seu Processo Eleitoral de S. Paulo..

Para que possamos entender os motivos das críticas ao Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA (Lei Federal 8069/90) é preciso esclarecer que o ECA contrariou vários dogmas do “clientelismo”, dos “políticos demagogos”, das instituições conservadoras, etc. Por exemplo:

1. O Eca veio rechaçar as formulações de “incapacidade social das crianças”, o que na prática lhes negavam direitos fundamentais: saúde, educação, moradia, segurança, etc. (art. 3);

2. Crianças e adolescentes são sujeitos de direitos, sendo responsabilidade de todos colocá-los a salvo de qualquer forma de negligência, discriminação, violência, crueldade, e opressão… (arts. 5º e 70);

3. Todos os casos de suspeita ou confirmação de maus-tratos contra criança ou adolescente deverão ser comunicadas ao Conselho Tutelar..,(art. 13);

4. O Conselho Tutelar, eleito pela comunidade, tem a função de zelar pelos Direitos da Criança e do Adolescente (art. 131);

5. O Poder Judiciário teve suas atribuições restringidas nos casos que envolvem o ato infracional praticado por adolescentes, sendo que nenhum deles será privado de sua liberdade (!?) sem o devido processo legal (art. 110);

6. Compete ao Conselho Tutelar a ação nos casos de do Ato Infracional atribuído à criança – até 12 anos ( arts. 136, 105, 101);

7. O ECA é um dos poucos instrumentos legais que definem penas contra os abusos praticados pelos meios de comunicação (art. 247);

8. As entidades de atendimento são obrigadas a se registrarem nos Conselhos Municipais de Direitos da Criança e do Adolescente (órgão paritário: metade governo, metade sociedade civil -art. 90), além de submeterem seus programas à aprovação destes conselhos;

9. Garantia de participação dos alunos, pais e comunidade, nas propostas educacionais (art. 53);

10. Proibição de venda de produtos (à criança e ao adolescente) de produtos que possam causar dependência física e/ou psíquica (art. 81);

11. Foi a primeira lei a definir penas contra a “tortura” (art. 233, substituído pela lei federal 9.455/1997);

12. Definiu, de forma clara e objetiva, procedimentos para responsabilizar a ação ou omissão do Estado (e seus agentes) quando tais atitudes violarem direitos da Criança e do Adolescente (arts. 98, 208, 212, etc.).

Em vista do acima exposto, concluímos que a população deve exigir o cumprimento da Lei, tanto para as crianças quanto para os adultos, principalmente no que se refere a saúde, educação, moradia e segurança. Isto evitará que o Brasil fique à mercê de criminosos e de políticos demagogos, sendo que estes últimos não cumprem com suas obrigações legais, preferindo o “discurso fácil” ao invés de fiscalizar e garantir a execução dos programas que beneficiam os cidadãos.

Welcome to WordPress.com. This is your first post. Edit or delete it and start blogging!

Calendário

junho 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Home